5 coisas que aprendi na faculdade de arquitetura


1. É preciso trabalhar no papel. Muita gente acha que, nos dias de hoje, o curso é todo feito no computador. Realmente, a maior parte dele é. Mas, na hora de projetar, rabiscar no papel ajuda muito com as ideias. Não abandone os croquis!

2. Aprender a trabalhar em grupo é importante. Se você é daqueles que trabalham melhor sozinho (oi!), pode tirar o cavalinho da chuva e engolir todo o orgulho. No curso de arquitetura tem muito trabalho em grupo e isso é importante pra sua vida profissional. É difícil, sim, mas tem que aguentar. Dá pra montar uma nova lista só com conselhos pra isso (quem quer?).

3. Os trabalhos só acabam quando você decidir acabá-los. Uma verdade: sempre tem algo pra melhorar em um projeto. A gente vai mudando uma coisinha aqui e outra ali e, quando vê, virou a noite! Se você não gosta desse método (eu gosto hehe), tem que marcar uma hora pra parar. Desista da perfeição e vai dormir (nunca vai ficar perfeito, mesmo).

4. Não basta saber só um programa ou dois. Muita gente acha que só precisa aprender AutoCad e SketchUp que tá tudo ótimo! Não é assim. Pra apresentar bem um trabalho, é muito importante ter domínio de um programa de edição de fotos (Photoshop é o melhor pra mim, mas tem outros por aí) e também saber montar um banner (eu uso o Indesign e gosto muito). Um bom diferencial é conhecer um pouco de outros programas para projetar. Já experimentou usar o Revit?

5. Suas notas são importantes, mas não são a única coisa na sua vida. Semestre passado, eu cheguei a tal ponto de estresse que minha mãe disse: "Ou você relaxa com suas notas, ou vai pra uma faculdade mais fácil. Você não vai passar o resto do curso desse jeito". A verdade é que é quase impossível ter uma vida e ainda tirar só A. Um D de vez em quando não vai estragar sua vida, vai. Dê o seu melhor e é isso aí. Sem neura.

Tá, eu só estudo arquitetura há dois anos. Isso significa que ainda vou apanhar muito antes de aprender várias coisas. A boa notícia é que, o que eu descobrir, vou contando pra vocês!

(Não encontrei o autor do desenho. Se alguém souber me avisa?)


comentário(s) pelo facebook:

Nenhum comentário