Arquitetura japonesa

Imagem: 1
Hoje em dia aparecem várias casas modernas de arquitetos japoneses por aí. Eu mesma já mostrei uma aqui no blog. Mas e a arquitetura tradicional japonesa, você conhece bem? É um dos motivos pra eu querer tanto conhecer o Japão.

Imagem: 2 | 3

A arquitetura japonesa tem influências da arquitetura chinesa e budista. Os japoneses dão muita importância à natureza (já viu que em quase toda foto de casas no Japão tem uma árvore linda no cenário?) e não podia ser diferente na hora de construir. Na arquitetura tradicional japonesa, a madeira é o principal material usado, e não só porque é bonito! Além de ajudar a manter a casa fresquinha no verão, elas são mais flexíveis que o tijolo, por exemplo, o que é ótimo em caso de terremoto.

Imagem: 4 | 5

Essas fotos aí de cima são do Castelo de Himeji. Tá vendo essa plataforma? Ela tem a ver com proteção militar, mas não é só por isso que ele ganha tanto destaque - a ideia era, também, mostrar pra todo mundo a importância do senhor feudal.

Imagem: 6 | 7

Tem uma coisa que os japoneses dão muita importância e que eu escuto desde o primeiro período: a integração entre espaços interior e exterior. Esses ambientes não são entendidos por eles como itens separados, mas sim como um só elemento. Por isso, as casas tradicionais costumam ter varandas, que funcionam como espaço de transição.


Imagem: 8 | 9 | 10 | 11 e 12

E a decoração? Os japoneses tradicionais prezavam a simplicidade e não usavam ornamentos - o famoso minimalismo. Eram tão minimalistas que nem paredes tinham! O interior era todo aberto, até que começou a surgir o conceito de espaços específicos pra cada função e passaram a usar biombos pra separar os ambientes. Imagino eu que esses biombos tenham evoluído, já que em determinado momento eles adotaram painéis deslizantes cobertos por papel pra fazer essa divisão.

Imagem: 13 | 14

Quem já assistiu animes tá acostumado com a ideia das pessoas comendo e dormindo no chão, né? Os pisos eram cobertos por tatamis, um tipo de esteira. Eles são mais macios que um chão descoberto e, segundo a tia Wikipédia, são indicados pra correção de coluna, prática de yoga, meditação...

Tirei todo esse conhecimento milenar daqui e daqui.

Imagem: 15 | 16 | 17 | 18

E esses telhadinhos característicos? Como não amar?


comentário(s) pelo facebook:

Nenhum comentário