5 parques de Paris

Sabe do que vou sentir mais falta quando voltar pra BH? Parques! A gente até tem espaços abertos (mostrei cinco praças aqui), mas nenhum perto de casa e que seja tão simples de só chegar, deitar e ler um livro. Fiz isso em praticamente todas as cidades que visitei aqui e, se você planeja ir a Paris, dá pra passar em um desses 5 parques pra entender do que eu tô falando.

1. Jardin du Luxembourg



Foi inaugurado lá nos anos 1600. É cheio de flores, estátuas e gente. Tem cadeiras espalhadas por todo o lugar! As pessoas vão lá pra comer, tomar sol, ler sob a sombra, praticar esportes... É um dos meus lugares preferidos na cidade.



2. La Villette


Esse parque foi projetado para ser um espaço dedicado a música e exposições. Ele abriga um playground, um museu de ciências, salas de concerto e mais um tanto de coisa. Pra mim, os itens mais marcantes são essa esfera enorme (La Géode) e as cadeiras de metal (que não esquentam!) do Philippe Starck.

Visitei o La Villette no inverno e o tempo tava feio, por isso tive que pegar aquela foto ali de cima emprestada. Na foto de baixo, as tais cadeiras mágicas!



3. Arènes de Lutèce



Não acho esse um parque muito bonito, mas é importante pela sua história. Construído no século 1 a.C., o anfiteatro é um vestígio da era romana em Paris. Hoje ele é ocupado por adultos e crianças brincando e jogando bola. Da última vez que fui, juro que tinha uma galera jogando quadribol!



4. Promenade Plantée (Coulée verte)



Esse já apareceu aqui no blog no post sobre parques lineares, mas agora que visitei posso falar também o tanto que a caminhada é uma delícia. É um jardim suspenso de quase 5 km de extensão construído no lugar de uma antiga linha de trem. Acho fofo!





5. Parc de Buttes-Chaumont



Construído por Jean-Charles Alphand, é um parque praticamente todo artificial - ainda assim, aparenta ser um dos mais naturais de Paris. Ao contrário da maioria dos parques da cidade, que são planos, esse tem uma topografia mais acidentada. 

Ah, olha que legal: de um ponto específico, dá pra ver a Sacré Coeur!



Ó um mapinha pra quem quiser visitar os parques: 


SalvarSalvarSalvarSalvar

comentário(s) pelo facebook:

Nenhum comentário